BUSCAR POR:
Atendimento
(32) 3532-4279
Clínica e Cirugia de Olhos - Drº Paulo Larocc

Clínica e Cirugia de Olhos - Drº Paulo Larocca

Ilusões de óptica

 

     O termo Ilusão de Óptica aplica-se a todas as ilusões que "enganam" o sistema visual humano nos fazendo ver coisas que não estão presentes ou enxergar de um modo errôneo. Algumas são de caráter fisiológico, outras de caráter cognitivo.

     As ilusões de óptica podem surgir naturalmente ou serem criadas por truques visuais específicos que demonstram certas hipóteses sobre o funcionamento do sistema visual humano. Imagens que causam ilusão de óptica são largamente utilizados nas artes, por exemplo nas obras gráficas de M. C. Escher.

     A explicação possível das ilusões ópticas é debatida extensamente. No entanto, os resultados da investigação mais recente indicam que as ilusões emergem simplesmente da assinatura do modo estatístico e empírico como todos os dados perceptivos visuais são gerados.

     Os circuitos neuronais do nosso sistema visual evoluem, por aprendizagem neuronal, para um sistema que faz interpretações muito eficientes das cenas 3D usuais, com base na emergência no nosso cérebro de modelos simplificados que tornam muito rápida e eficiente essa interpretação mas causam muitas ilusões ópticas em situações fora do comum.

Passe os olhos pela imagem. Uma ilusão de óptica incrível.
     A nossa percepção do mundo é em grande parte auto-produzida. Os estímulos visuais não são estáveis: por exemplo, os comprimentos de onda da luz refletida pelas superfícies mudam com as alterações na iluminação. Contudo o cérebro atribui-lhes uma cor constante. Uma mão gesticulando produz uma imagem sempre diferente e, no entanto, o cérebro classifica-a consistentemente como uma mão. O tamanho da imagem de um objeto na retina varia com a sua distância mas o cérebro consegue perceber qual é o seu "verdadeiro" tamanho. A tarefa do cérebro é extrair as características constantes e invariáveis dos objetos a partir da enorme inundação de informação sempre mutável que recebe. O cérebro pode também deduzir a distância relativa entre dois objetos quando há sobreposição, interposição ou oclusão. E pode deduzir a forma de um objeto a partir das sombras. O que implica uma aprendizagem da perspectiva linear. No entanto, existem vários tipos de ilusões de óptica de distância e profundidade que surgem quando esses mecanismos de dedução inconsciente resultam em deduções errôneas da realidade do mundo à nossa volta.

Olhe fixamente para o ponto no centro da imagem e movimente
a cabeça para cima, para baixo e para os lados.
     A imagem da retina é a fonte principal de dados que dirige a visão mas o que nós vemos é uma representação “virtual” 3D da cena em frente a nós. Não vemos uma imagem física do mundo, vemos objetos. E o mundo físico em si não está separado em objetos. Vemos o mundo de acordo com a maneira como o nosso cérebro o organiza. O processo de ver é uma espécie de "completar" o que está em frente a nós com aquilo que o nosso cérebro julga estar vendo. O que vemos não é a imagem na nossa retina - é uma imagem tridimensional criada no cérebro, com base na informação sobre as características que encontramos mas também com base nas nossas "opiniões" sobre o que estamos a ver.

     O que vemos é sempre, de certo modo, uma ilusão. A nossa imagem mental do mundo só vagamente tem por base a realidade. Porque a visão é um processo em que a informação que vem dos nossos olhos converge com a que vem das nossas memórias. Os nomes, as cores, as formas usuais e a outra informação sobre as coisas que nós vemos surgem instantaneamente nos nossos circuitos neuronais e influenciam a representação da cena. As propriedades percebidas dos objetos, tais como o brilho, tamanho angular, distância e cor, são “determinadas” inconscientemente e não são propriedades físicas reais. As ilusões de óptica surgem quando os nossos “julgamentos” implícitos na análise inconsciente da cena entram em conflito com a análise consciente e raciocinada sobre ela.

Os círculos posicionados nos cruzamentos
das linhas parecem mudar de cor?
     A interpretação do que vemos no mundo exterior é uma tarefa muito complexa. Já se descobriram mais de 30 áreas diferentes no cérebro usadas para o processamento da visão.  Umas parecem corresponder ao movimento, outras à cor, outras à profundidade (distância) e mesmo à direção de um contorno. E o nosso sistema visual e o nosso cérebro tornam as coisas mais simples do que aquilo que elas são na realidade. E é essa simplificação, que nos permite uma aprendizagem mais rápida (ainda que imperfeita) da "realidade exterior", que dá origem às ilusões de óptica.

     As ilusões de óptica devem ser encaradas como meras curiosidades da interatividade da nossa biologia com a natureza, não evidenciando nenhum tipo de doença ou defeito da visão, desde que o efeito óptico da ilusão seja percebido por todas as pessoas ao seu redor.

Endereço: Rua Monsenhor Paiva Campos, N°110 Centro - Ubá - Minas Gerais - CEP 36500-000
DV9 Soluções Digitais

DV9 Soluções Digitais

As informações contidas neste site têm caráter informativo e educacional. NÃO devem ser utilizadas para auto-diagnóstico, auto-tratamento ou auto-medicação.
Quando houver dúvidas, um médico deverá ser consultado. Somente ele está habilitado para praticar o ato médico, conforme recomendação do CFM.
There were watch makers taking apart and assembling trademark movements of replica watches uk their manufactures, engravers creating special components as well as enamel dial painters and replica watches strap-makers. So let's begin by discussing this blend of fine watch exhibitions and a few of watch making's most challenging crafts. We will start with the watchmakers, the men who were working with unbelievable discipline and diligence in this noisy and replica watches tumbling environment. I am certain that every watch enthusiast will be familiar with that particular mixture of rolex replica sale fascination, curiosity and amazement generated by the sight of a fine movement seen through a sapphire case back. At SalonQP some highly replica watches uk acknowledged movement manufacturing brands allowed visitors to get a much better view than any transparent case back would allow as they presented uncased examples of some of replica watches uk their most remarkable calibers.