BUSCAR POR:
Atendimento
(32) 3532-4279
Clínica e Cirugia de Olhos - Drº Paulo Larocc

Clínica e Cirugia de Olhos - Drº Paulo Larocca

Catarata

A catarata é uma das causas mais frequentes de perda de visão na idade adulta. Não é caso de urgência e nem todas as cataratas necessitam ser operadas. O uso de colirios não ajuda em sua cura.

VISÃO NORMAL

O cristalino ( ou lente ) é o responsável pela focalização da imagem depois que esta entra no olho. Em condições normais ele é totalmente transparente.A imagem passa através do cristalino e é focalizada na retina, no fundo do olho, e então transmitida ao cérebro.

O QUE É A CATARATA ?

A catarata é um embaçamento ou opacificação da lente natural do olho ( cristalino ). Portanto há uma distorção dos raios luminosos que passam pelo cristalino e consequente baixa visual. A catarata não é uma " pele visivel " que cresce sobre o olho e nem passa de um olho para o outro.

O QUE CAUSA A CATARATA ?

A catarata é causada por uma mudança na composição química do cristalino. A causa mais comum para esta mudança é o processo natural de envelhecimento. Com a idade , o cristalino que é normalmente claro e flexivel, torna-se duro e opaco. Infelizmente, não existem meios de previnir a catarata. todo mundo que viva o suficiente irá eventualmente desenvolver o problema.

Apesar de ser mais comumente encontrada em adultos, a catarata pode ocorrer em qualquer idade inclusive em crianças já ao nascimento ( Catarata Congênita ). Ela também pode ser provacada por traumas, infecçoes, drogas, glaucoma, tumores oculares, entre várias outras causas menos comuns.

QUAIS OS SINTOMAS DA CATARATA ?

Embaçamento ou turvação visual, halos ou clarões ao redor das luzes, visão dupla, cores menos brilhantes, sensação de uma menbrana ou filme na frente dos olhos, dificuldade de dirigir ou ler e troca frequente e tentativa de limpeza dos óculos.

COMO SE DIAGNOSTICA A CATARATA ?

Somente um completo exame oftalmológico tem condições de determinar o tipo, o tamanho, e a sua exata localização e qual os exames complementares a fazer ( ex PAM, SUPER-PINHOLE ) e qual a melhor conduta em cada caso específico.

QUAL O TRATAMENTO PARA A CATARATA ?

Infelizmente, a catarata não pode ser clareada por medicações, colírios ou mudanças na dieta. O único meio de restaurar a visão é a remoção cirurgica do cristalino opacificado. Depois devemos substituir o cristalino por uma lente artificial, que pode ser por meio de óculos, lente de contato ou uma lente intra-ocular . Esta última é a nossa preferencia pela todas as vantagens e conforto do paciente, porém emalguns casos em que o implante torna impossivel ou desaconselhável podemos usar os outros recursoscom satisfação.

QUANDO DEVEMOS OPERAR A CATARATA ?

O simples surgimento da catarata não constitui uma indicação cirurgica. A cirurgia é indicada quando a perda de visão está interferindo com as atividades diárias do paciente lhe causando

problemas.Ou seja quando você acreditar que a qualidade de sua vida seria beneficiada.Se você

tivesse uma melhora da visão.Isto é muito individual e varia de paciente para paciente.

A CIRURGIA DA CATARATA

A remoção da catarata foi uma das cirurgias que mais se beneficiou com os avanços tecnólogicos.

Graças as PEQUENAS INCISÕES ,INCISÕES AUTO-SELANTES,FACOEMULSIFICAÇÃO DO

CRISTALINO PELO ULTRASOM e melhoria do material das LENTES INTRA-OCULARES é

possível os pacientes retornarem suas atividades normais em um curto espaço de tempo. As Lentes intraoculares ( LIO ) é o item que mais vem se modernizando, como LIOs tóricas para correção do astigmatismo e LIOs multifocais.

Ressalto porém que se trata de cirurgia bem delicada e que, apesar da destreza do cirurgião,muitos fatores oculares podem levar a complicações que comprometem o resultado visual.

O PAPEL DO LASER

Algumas pessoas erradamente acreditam que o LASER é usado para operar catarata,mas não

é bem assim.O "YAG-LASER " é utilizado naqueles casos em que a capsúla posterior da catara

ta que foi deixada para servir de suporte para a lente-intra -ocular,fica opaca algum tempo DEPOIS

da cirurgia. O LASER, então é usado par fazer uma pequena abertura nesta capsúla sendo um procedimento indolor,realizado no próprio consultório,não necessitando de anestesia especial ou sedação e é feito em apenas alguns segundos.

 

Obs Atualmente existe um laser denominado Femtosegundo, já aprovado por orgãos de vigilancia de saude de alguns paises que realmente já realiza algumas partes da cirurgia. 

É considerado catarata qualquer opacidade no cristalino relacionada ou não à alteração da visão.O cristalino é uma estrutura transparente, biconvexa elástica situada atrás da íris.A transparência do cristalino depende do arranjo regular de suas fibras e sua opacificação é explicada por alterações fisio-químicas de suas proteínas.

As alterções de transparência do cristalino causam embaçamento da visão pode não ser percebida até que esteja muito diminuída.

A catarata pode ser classificada utilizando-se vários critérios, entre eles, a época de aparecimento, diagnóstico etiológico, morfologia e densidade da opacidade.Em relação a época de aparecimento, a catarata pode ser congênita (ou infantil) e adquirida.As cataratas congênitas podem se apresentar ao nascimento,sendo estáveis ou progressivas ainda nos primeiros anos de vida.Podem ser uni e bilaterais e, em cerca de 50% dos casos, associam-se a outros defeitos oculares ou sistêmicos.

As cataratas adquiridas podem ser senis ou complicadas.As cataratas senis aparecem mais frequentemente após os 50 anos de idade e a maioria dos indivíduos com mais de 70 anos tem pelo menos algum grau de opacificação.As cataratas complicadas são as mais causadas por doenças sistêmicas ou oculares.Podem se classificar as cataratas pela sua localização anatômica,em: nuclear,cortical,sucapsular,polar, ou lamelar.E, ainda,segundo a densidade da opacificação podem ser classificadas em: incipiente,intumescente,madura,hipermadura e morgagniana.

Já adulto o indivíduo pode apresentar vários sintomas e diferentes tipos de catarata, como:

Miopia, comum nas opaciadades nucleares.Quando se desenvolve uma opaciadade nuclear do cristalino ocorre uma alterção na refração e aparece a miopia pelo aumento da refringência.É por isso que algumas pessoas após os 60 anos de idade passam a não precisar de óculos de leitura.

Astigmatismo, as opacidades se desenvolvem de maneira não uniforme e podem causar algum grau de astigmatismo,causado pela refração irregular da luz.

Visão Dupla ou Diplopia Monocular, é uma queixa comum dos pacientes com catarata cortical,mas também pode aparecer nos casos de catarata nuclear.A opacificação irregular pode desviar parte dos raios luminosos e formar mais de uma imagem na retina.

Redução da sensibilidade ao contraste, sensibilidade ao contraste é a medida do grau de contraste requerido para detectar ou reconhecer um alvo.Todo tipo de catarata reduz a sensibilidade ao contraste, principalmente o tipo subcapsular posterior.

Ofuscamento, todas as formas de catarata causam ofuscamento, especialmente a cortical e a sucapsular posterior.Isto significa que pacientes com redução da visão por catarata pioram ainda mais quando em ambiente muito iluminado.

Alterção nas Cores, os pacientes com catarata não percebem o quanto a visão das cores está prejudicada até serem operados.As alterações são mais importantes na catarata nuclear.

Outros sintomas visuais são: transmissão de luz reduzida ,perda de campo visual, e muito importante, diminuição da acuidade visual.A catarata afeta a visão de várias formas e o teste de acuidade visual isolado nem sempre é suficiente para detectar sua extensão.A natureza destes efeitos varia com o grau de opacidade e com localização.

A catarata é uma doença de importância mundial sendo a principal causa de cegueira no mundo apesar do tratamento cirurgico se rmuito eficaz.Tem sido apontada como responsável por cerca de 40 a 70% dos casos de cegueira, em países em desenvolvimento, atingindo 17 milhões de pessoas.Essas pessoas não têm acesso ao tratamento por dirversar razões como falta de oftalmologistas,como se verifica no continente africano, por dificuldades de acesso, como no Brasil e vários países da América Latina.Também se verificam outras dificuldades como falta de recursos financeiros,transporte,educação e até religiosos.

Apesar de haver aproximadamente 50 produtos, chamados úteis, para evitar ou reverter a catarata, não existe atualmente nenhuma comprovação eficácia clinica.Nos casos de opacificações acentuadas, o tratamento é a remoção cirurgica com implante de lente intra-ocualr.Atualmente, as técnicas cirúrgicas mais utilizadas são: extração extracapsular e a facoemulsificação.

Alguns fatores devem ser considerados para a indicação de cirurgia em crianças, como a idade do aparecimento da catarata,intensidade da catarata, uni ou bilaterialidade, outras alterações oculares associadas.A criança apresenta um período importante de desenvolvimento da visão que vai desde o nascimento até aos 6 anos de vida, sendo que os primeiros meses são os mais importantes.Anormalidades oculares nesta idade podem impedir o desenvolvimento normal da visão, daí a necessidade de tratamento precoce.O reflexo de fixação nas crianças se estabelece por volta dos 2 meses de idade.Quando hhá alteração visual, esse reflexo não se desenvolve e aparece o nistagmo.Apartir deste momento, o prognóstico visual piora muito.O tratamento depende da intensidade da catarata.Em casos incipientes, a visão é puco alterada.Pode haver necessidade de óculos e tratamento de oclusão, e devem-se fazer exames peródicos pois a catarata pode aumentar nos primeiros anos de vida.Nos casos de opacidades importantes, o único tratamento é a cirurgia dentro do menor prazo possível.As técnicas cirúrgicas utilizadas são: extração extracapsular,facoemulsificação e lensectomia via pars plana.Ao final da cirurgia, dependendo da idade e do tamanho do olho,pode ou não ser implantada e lente intra-ocular.

Após a cirurgia para retirar a catarata existem algumas alternativas de correção óptica como: óculos, lentes de contato e lente intra-ocular.

É muito importante que o paciente sinta-se seguro e confiante em relação à cirurgia, e para isto ele precisa saber tudo sobre a xirurgia e como colaborar, para que tudo corra da melhor forma possível.É preciso despender tempo com o paciente e com os familiares para esclarecer todas as dúvidas, por mais simples que sejam,e como complemento as informações por escrito são muito valiosas, na forma de folhetos ou até mesmo vídeos.Alguns exames são necessários para a realização da cirurgia, de rotina.Os mais importantes são: cardiologista par avaliar a o estado geral do paciente e exames de sangue (hemograma e glicemia).Outros exames podem ser pedidos á critério do oftalmologista ou do clínico.

Antes da cirurgia o paciente deve tomar alguns cuidados como jejum ou alimentação recomendada, medicação, higiene e horários.

Após a cirurgia deve-se tomar alguns cuidados como: medicação prescrita,higiene,horários,curativos,atividades físicas e retornos.

Mais de 90% dos operados têm grande melhora da visão, e grande parte enxerga proximo a 100%.Alguns, no entanto têm a visão parcialmente restabelecida, ou ás vezes nada,pois a recuperação visual depende , além de uma boa tecnica cirúrgica, da evolução pós-operatório e dom bom estado das outras camadas do olho, principalmente retina e nervo óptico.Não é raro que pessoas idosas tenham algum processo degenerativo da retina impedindo seu funcionamento normal.

Durante a cirugia podem ocorrer algumas complicações como: hemorragia na câmara anterior, ruptura da cápsula posterior e perda de vítreo.A hemorragia na câmara pode ocorrer por ruptura de vasos da conjuntiva, da esclera, ou da íris,dificultando a visualização do campo cirúrgico.A ruptura da cápsula posterior, a perda vítrea podem impedir ou dificultar a colocação da lente intra-ocular, e também levar a outras complicações, no período pós príodo pós-operatório, como edema da mácula e deslocamento da retina.O deslocamento da retina ocorre em menos de 1% dos casos e quando ocorre são necessários diagnósticos e cirurgia precoces para se manter boa visão.O edema da mácula clínico é pouco freuquente, e pode ocorreer nas primeiras semanas de pós operatório, causando diminuição temporária ou definitiva da visão.A chance de ocorrer deslocamento da retina ou edema da mácula aumentam bastante quando ocorre perda vítrea.

Outras complicações podem ocorrer no período pós-operatórios como: deslocamento da lente intra-ocular, aderências da íris, deiscência de sutura, aumento da pressão ocular.

A infecção intra-ocular, chamada endoftalmite, é a complicação mais grave que pode ocorrer após uma cirurgia de catarata,sendo porém rara.O tratamento tem que ser instituído prontamente ,podendo ser necessário aplicações de antibiótico na cavidade vítrea, uso de colírios antibióticos e midriáticos.Mesmo nos pacientes tratados adequadamente, o resultado é muito ruim e geralmente termina em perda de visão.

Endereço: Rua Monsenhor Paiva Campos, N°110 Centro - Ubá - Minas Gerais - CEP 36500-000
DV9 Soluções Digitais

DV9 Soluções Digitais

As informações contidas neste site têm caráter informativo e educacional. NÃO devem ser utilizadas para auto-diagnóstico, auto-tratamento ou auto-medicação.
Quando houver dúvidas, um médico deverá ser consultado. Somente ele está habilitado para praticar o ato médico, conforme recomendação do CFM.
There were watch makers taking apart and assembling trademark movements of replica watches uk their manufactures, engravers creating special components as well as enamel dial painters and replica watches strap-makers. So let's begin by discussing this blend of fine watch exhibitions and a few of watch making's most challenging crafts. We will start with the watchmakers, the men who were working with unbelievable discipline and diligence in this noisy and replica watches tumbling environment. I am certain that every watch enthusiast will be familiar with that particular mixture of rolex replica sale fascination, curiosity and amazement generated by the sight of a fine movement seen through a sapphire case back. At SalonQP some highly replica watches uk acknowledged movement manufacturing brands allowed visitors to get a much better view than any transparent case back would allow as they presented uncased examples of some of replica watches uk their most remarkable calibers.